Dajas, Penha Longa, Marco de Canavezes e morreu a 13/12/1845 no lugar da Cardia, Penha Longa, Marco de Canavezes, já viúvo.

Fonte(s):
Arqº Álvaro Magro de Moura Bessa



34

JOSÉ ANTÓNIO DA CRUZ ALVARENGA
1770/1845

Pais
José António Cruz

Ana Maria da Fonseca

Casamentos/Uniões

I
Maria Teresa

Filhos do Casamento/União – I

Maria
Manuel
Maria
Bernardo
António
Joaquim Pinto da Cruz Alvarenga
Margarida
Francisco



Árvore condensada
Posição na árvore expandida

Ascendentes próximos



Abílio Magro – Genealogia
©
Theme designed by mono-lab
(alterado por a.magro)
Powered by WordPress